Argentina x Inglaterra, uma rivalidade além do futebol

Apesar de ser um confronto que relativamente ocorreu poucas vezes, engana-se quem pensa que ele não é repleto de história. O que torna essa rivalidade curiosa, consiste no fato de que ela foge ao padrão normal de rivalidade devido a proximidades geográficas. Trata-se da disputa por um punhado de ilhas estratégicas numa porção austral do hemisfério sul, o principal gatilho.


Engana-se, também, quem pensa que a rivalidade tomou conta do confronto após a Guerra das Malvinas. O conflito bélico serviu para acirrar ainda mais os ânimos entre os dois povos, contudo a disputa pelo território é de longa data. Mesmo não passando da seara diplomática, até 1982, as pretensões argentinas sobre as Malvinas sempre serviu de um ingrediente a mais no confronto.

Dada a situação, não é de se surpreender que apenas em 1951 as duas seleções, das mais antigas do futebol, realizassem uma partida amistosa. Tratou-se do primeiro jogo entre o English Team e a Albicesleste, um amistoso em Londres no dia 09 de maio e que terminou com vitória inglesa por 2 a 1.




Ao todo foram oito partidas amistosas. Como dito acima, a primeira ocorreu no lendário Wembley, sendo que dois anos depois, em 1953, foi a vez dos ingleses rumarem para a América do Sul. Nesse ano, dois jogos em solo argentino, ambos no Estádio Monumental. O primeiro, dia 14 de maio, terminou com vitória argentina por 3 a 1, enquanto o segundo, dia 17 de maio, terminou em um empate por 0 a 0. Em amistosos, o retrospecto é: três vitórias inglesas, uma argentina e quatro empates.

Outros dois jogos ocorrem por torneios amistosos. O primeiro foi válido pela Taça das Nações ocorrida no Brasil em 1964. A segunda ocorreu pela Challenge Cup realizada na Inglaterra em 1991. Já falamos sobre esse torneio. Clique aqui para ler. O primeiro teve vitória argentina, enquanto o segundo terminou em empate.


Todavia, certamente os jogos válidos pelas Copas são os mais importantes. Ao todo foram cinco jogos. Em 1962, vitória inglesa por 3 a 1 em jogo válido pela segunda rodada da primeira fase.

Na copa seguinte, nas quartas de final, vitória inglesa por 1 a 0 em um jogo repleto de confusão e brigas. Os ânimos estavam elevados na ocasião, porque um ano antes, a ONU havia aceitado uma reclamação formal da Argentina acerca de suas pretensões soberanas sobre as Malvinas. Antonio Rattín, meia argentino, se tornou o primeiro jogador a ser expulso numa partida entre seleções nesse jogo. O árbitro alemão, Rudolf Kreitlein, expulsou Rattín por indisciplina e pelo "olhar em seu rosto" mesmo não entendendo espanhol. Rattín primeiramente se recusou a sair de campo e acabou sendo escoltado por vários policiais.




Após esse jogo, um hiato de 20 anos. Até que... Bem, dessa história todos sabem. A Argentina havia sido obrigada a se render aos ingleses em 1982 na Guerra das Malvinas e seria o primeiro encontro entre as duas seleções desde então. O jogo foi válido pelas quartas de final e terminou em 2 a 1 para a Argentina com dois gols antológicos de Maradona que serviram para lavar a alma. Um gol de mão e um passando por meio time inglês.







O quarto jogo válido por Copas ocorreu em 1998. Num dos melhores jogos do torneio, após empate por 2 a 2, a Argentina eliminou a Inglaterra nos pênaltis e rumou para as quartas de final.




Finalmente, em 2002, no grupo da morte, as duas seleções jogaram na segunda rodada. Vitória inglesa por 1 a 0.



Em Copas, três vitórias inglesas, uma argentina e um empate com eliminação inglesa nos pênaltis.

No retrospecto geral, seis vitórias inglesas, três argentinas e seis empates. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...Poderá também gostar de: